.cloud-label-widget-content { text-align: left; } .label-size { background: #5498C9; border-radius: 5px; display: block; float: left; margin: 10px 6px 3px 0; color: #fff; font-family: 'Arial',"Segoe UI",Arial,Tahoma,sans-serif; font-size: 11px; text-transform: uppercase; } .label-size:nth-child(1) { background: #F53477; } .label-size:nth-child(2) { background: #89C237; } .label-size:nth-child(3) { background: #44CCF2; } .label-size:nth-child(4) { background: #01ACE2; } .label-size:nth-child(5) { background: #94368E; } .label-size:nth-child(6) { background: #A51A5D; } .label-size:nth-child(7) { background: #555; } .label-size:nth-child(8) { background: #f2a261; } .label-size:nth-child(9) { background: #00ff80; } .label-size:nth-child(10) { background: #b8870b; } .label-size:nth-child(11) { background: #99cc33; } .label-size:nth-child(12) { background: #ffff00; } .label-size:nth-child(13) { background: #40dece; } .label-size:nth-child(14) { background: #ff6347; } .label-size:nth-child(15) { background: #f0e68d; } .label-size:nth-child(16) { background: #7fffd2; } .label-size:nth-child(17) { background: #7a68ed; } .label-size:nth-child(18) { background: #ff1491; } .label-size:nth-child(19) { background: #698c23; } .label-size:nth-child(20) { background: #00ff00; } .label-size a, .label-size span { display: inline-block; color: #fff !important; padding: 4px 10px; font-weight: normal; } .label-size:hover { background: #222; } .label-count { white-space: nowrap; padding-right: 3px; margin-left: -3px; background: #333; color: #fff ; } .label-size:hover .label-count, .label-size:focus+.label-count { background-color: #ff6bb5; }

9 de ago de 2012

Estudante desenvolve sistema para cegos usarem touchscreen dos tablets

Mãos tocam na tela.

O que você faz em suas férias? Viaja? Ou gosta de ficar em casa, vendo TV? Adam Duran prefere inventar! O estudante americano transformou um tablet comum em um teclado touchscreen para deficientes visuais e que se adapta aos diferentes tamanhos de dedos.

O jovem executou o projeto no Centro de Pesquisas de Computação da Universidade de Stanford, nos EUA. Durante as férias de verão americanas (que aconteceram de julho a setembro), Adam e seus professores, Sohan Dharmaraja e Adrian Lew, resolveram dar mais acessibilidade aos deficientes, já que um computador específico para a função custa em torno de US$6 mil (cerca de R$10,5 mil), segundo o site Engadget.

Sistema cria teclado e menus a partir do local onde o usuário posiciona suas mãos. Áudio também é utilizado para ajudar posicionamento

Além do custo, o modo de uso do digitador surpreende. Ao tocar a tela com os dedos, o aplicativo identifica e posiciona as 8 teclas embaixo dos dedos, não importando o tamanho nem a distância deles. Ao digitar, o app acompanha as letras ou palavras, falando ou soletrando em voz alta.

Para acessar o menu, basta chacoalhar o tablet. Nas funções e submenus, o usuário tem que passar o dedo sobre a tela e esperar a voz dizer em que item ele está, tirando o dedo para selecionar a opção desejada.

Veja abaixo um vídeo de Adam explicando sua invenção:




Fonte: Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...