.cloud-label-widget-content { text-align: left; } .label-size { background: #5498C9; border-radius: 5px; display: block; float: left; margin: 10px 6px 3px 0; color: #fff; font-family: 'Arial',"Segoe UI",Arial,Tahoma,sans-serif; font-size: 11px; text-transform: uppercase; } .label-size:nth-child(1) { background: #F53477; } .label-size:nth-child(2) { background: #89C237; } .label-size:nth-child(3) { background: #44CCF2; } .label-size:nth-child(4) { background: #01ACE2; } .label-size:nth-child(5) { background: #94368E; } .label-size:nth-child(6) { background: #A51A5D; } .label-size:nth-child(7) { background: #555; } .label-size:nth-child(8) { background: #f2a261; } .label-size:nth-child(9) { background: #00ff80; } .label-size:nth-child(10) { background: #b8870b; } .label-size:nth-child(11) { background: #99cc33; } .label-size:nth-child(12) { background: #ffff00; } .label-size:nth-child(13) { background: #40dece; } .label-size:nth-child(14) { background: #ff6347; } .label-size:nth-child(15) { background: #f0e68d; } .label-size:nth-child(16) { background: #7fffd2; } .label-size:nth-child(17) { background: #7a68ed; } .label-size:nth-child(18) { background: #ff1491; } .label-size:nth-child(19) { background: #698c23; } .label-size:nth-child(20) { background: #00ff00; } .label-size a, .label-size span { display: inline-block; color: #fff !important; padding: 4px 10px; font-weight: normal; } .label-size:hover { background: #222; } .label-count { white-space: nowrap; padding-right: 3px; margin-left: -3px; background: #333; color: #fff ; } .label-size:hover .label-count, .label-size:focus+.label-count { background-color: #ff6bb5; }

9 de jun de 2014

Riofilme: 200 mil para acessibilidade em cinemas digitais


A RioFilme lançou nesta quarta, 4, o programa "Cinema Acessível RioFilme", que financiará a implementação de tecnologias de acessibilidade em salas de cinema digitais do Rio de Janeiro. A iniciativa promove a ampliação do acesso ao cinema com o subsídio para que empresas de exibição instalem ferramentas de audiodescrição e de legenda oculta em dez diferentes complexos do município.


O investimento total nesta linha é de R$ 200 mil e cada complexo receberá R$ 20 mil para implementar tecnologias de livre escolha. O projeto contemplará ao menos um complexo por Área de Planejamento (AP), respeitada a ordem cronológica das inscrições, que serão aceitas até o limite dos recursos disponíveis.


Hoje não há no Rio de Janeiro cinema com tecnologias que possibilitem o acesso da população de deficientes visuais e auditivos aos filmes lançados no mercado comercial. Por outro lado, 20% da população carioca possui algum tipo de deficiência sensorial.


A RioFilme pretende incentivar a adoção de tecnologias de acessibilidade pelas empresas, em todos os seus complexos. A oferta de filmes acessíveis, que permitirão o uso das tecnologias instaladas nos complexos, dependerá dos distribuidores.


A partir de 2014, todos os longas financiados pela RioFilme deverão ser finalizados com legendas ocultas e audiodescrição. As inscrições no programa "Cinema Acessível" estão abertas e podem ser feitas através do emailcinema.acessivel@riofilme.com.br.


Regulamento e informações complementares estarão disponíveis no site da RioFilme.





Fonte: Tela Viva e Blog Audiodescrição

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...