17 de jun de 2014

Globo 'ignora' chute de deficiente com exoesqueleto em transmissão




Assim como eu fiquei na frente da telinha esperando este momento sei que muitas pessoas com deficiencias também esperavam ver este avanço da tecnologia que foi deixado pra trás pela emissora e as pessoas lá presentes que estavam mais preocupadas a assistir aquela apresentação ridícula da abertura do que pararem um pouquinho e verem o quanto foi importante este momento na vida deste rapaz, mas fazer o que isto é BRASIL.....
 
No momento, a transmissão mostrava imagens recuperadas da chegada do ônibus da Seleção.


Um dos momentos mais esperados da abertura da Copa do Mundo, o chute do deficiente utilizando exoesqueleto não foi transmitido pela Rede Globo, emissora oficial do torneio no Brasil. No momento, a transmissão mostrava imagens recuperadas da chegada do ônibus da Seleção à Arena Corinthians.

A função do exoesqueleto, ou robô, é fazer o que o sistema nervoso do seu usuário perdeu a capacidade de executar: transmitir os comandos de "mova-se" do cérebro até as pernas, utilizando, no lugar da medula espinhal, um sistema de "interface cérebro-máquina" (ICM) capaz de decodificar a atividade elétrica dos neurônios e traduzi-la em sinais eletrônicos digitais, compreensíveis a um robô.

Resultado: o cérebro dá a ordem, o computador faz a ligação, e quem se move é o robô - levando a pessoa "de carona" com ele. Uma tecnologia que, segundo Nicolelis, promete transformar as atuais cadeiras de rodas em "peças de museu".

Através dessa tecnologia, o deficiente conseguiu fazer com que sua perna obedecesse os comandos do cérebro e chutasse a bola.

Com Estadão Conteúdo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...