.cloud-label-widget-content { text-align: left; } .label-size { background: #5498C9; border-radius: 5px; display: block; float: left; margin: 10px 6px 3px 0; color: #fff; font-family: 'Arial',"Segoe UI",Arial,Tahoma,sans-serif; font-size: 11px; text-transform: uppercase; } .label-size:nth-child(1) { background: #F53477; } .label-size:nth-child(2) { background: #89C237; } .label-size:nth-child(3) { background: #44CCF2; } .label-size:nth-child(4) { background: #01ACE2; } .label-size:nth-child(5) { background: #94368E; } .label-size:nth-child(6) { background: #A51A5D; } .label-size:nth-child(7) { background: #555; } .label-size:nth-child(8) { background: #f2a261; } .label-size:nth-child(9) { background: #00ff80; } .label-size:nth-child(10) { background: #b8870b; } .label-size:nth-child(11) { background: #99cc33; } .label-size:nth-child(12) { background: #ffff00; } .label-size:nth-child(13) { background: #40dece; } .label-size:nth-child(14) { background: #ff6347; } .label-size:nth-child(15) { background: #f0e68d; } .label-size:nth-child(16) { background: #7fffd2; } .label-size:nth-child(17) { background: #7a68ed; } .label-size:nth-child(18) { background: #ff1491; } .label-size:nth-child(19) { background: #698c23; } .label-size:nth-child(20) { background: #00ff00; } .label-size a, .label-size span { display: inline-block; color: #fff !important; padding: 4px 10px; font-weight: normal; } .label-size:hover { background: #222; } .label-count { white-space: nowrap; padding-right: 3px; margin-left: -3px; background: #333; color: #fff ; } .label-size:hover .label-count, .label-size:focus+.label-count { background-color: #ff6bb5; }

5 de nov de 2012

Obrigatoriedade de Utilização de Dispositivos Seguros no Embarque/ Desemb. de Pessoas com Mob. Reduzida nos aeroportos.


O embarque e desembarque de pessoas com mobilidade reduzida, ou cadeirantes, têm sido feito com grande frequência, de forma precária por funcionários das empresas aéreas, que os carregam manualmente, escada acima, ou escada abaixo, nos aeroportos em que não existe o chamado "finger", ou quando ele existe, mas não é utilizado pela aeronave.
Usualmente, os funcionários da empresa aérea, certamente instruídos por seus superiores, alegam não haver disponibilidade do dispositivo "ambulift" ou "cadeira robótica", por estarem em manutenção ou reparo e tentam convencer o passageiro, da segurança em carregá-lo com as mãos e só quando o passageiro se nega firmemente a embarcar ou desembarcar carregado, é que o mencionado dispositivo é providenciado. 
Obviamente, é um procedimento totalmente inseguro e que coloca em risco a integridade física desses passageiros, não obstante existirem normas de segurança que obrigam essas empresas a utilizarem os dispositivos tipo "ambulift", ou "cadeira robótica".
Não se conhecem estatísticas a respeito, mas é comum ouvirem-se nos aeroportos e aeronaves, relatos, inclusive informalmente da própria tripulação, sobre acidentes graves ocorridos nas escadas dos aviões, durante essas operações.

Para que essas melhorias aconteçam e funcionem, peço a você para votar uma petição que será enviada para Empresas Aéreas, Infraero, Concessionárias de Adm. de Aeroportos e ANAC (responsáveis pelos aeroportos).

votação é simples leva alguns segundos, você não será prejudicado em momento algum.  
Clique AQUI e preencha seu nome, e-mail, país e o código postal (CEP), no canto direito.

 Vamos nos unir e fazer a diferença!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...