30 de set de 2012

Arte Negra do Sul estreia em outubro no Renascença

Cantores se apresentando.


A arte e a cultura dos artistas negros produzida no Rio Grande do Sul serão apreciadas em uma série de três espetáculos musicais, na terça, 2, e na quarta-feira, 3, no Teatro Renascença.  O espetáculo "Arte Negra do Sul" estreia no dia 2, às 21h, e no dia 3 terá duas sessões: às 18h30 e às 21h. A entrada é franca, mas as senhas devem ser retiradas uma hora antes de cada sessão.
 
Conjugando canto, dança, música e recursos multimídia, o projeto "Arte Negra do Sul" pretende fazer uma homenagem atemporal aos artistas negros do Sul, destacando alguns dos mais expressivos nomes do cenário artístico de Porto Alegre. O time é formado pelos cantores Giba-Giba, Marietti Fialho, Lúcia Helena, Rosa Franco, Alexandre (participação especial) e Gelson Oliveira (que assina a direção musical do projeto) e por um naipe de instrumentistas gaúchos, composto por Giovanni Berti e Tuti Sagui (percussão), Marquinhos Fê (bateria), Gilberto Oliveira (guitarra), Luis Mauro Filho (teclados) e Everson Vargas (baixo e coordenação musical). 
 
No repertório musical, composições autorais dos integrantes do espetáculo nos ritmos de samba, pop e bossa, entre outros.  As coreografias assinadas por Heloisa Peres serão interpretadas pelos bailarinos Thyago Cunha, Elis de Souza, Carlos Andrade, Joyce Correa e Alessandro Correia.
 
Segundo a diretora e coreógrafa Heloísa Peres, o projeto Arte Negra do Sul vem ao encontro das grandes iniciativas no sentido de dar maior visibilidade à produção artística contemporânea dos afrodescendentes de Porto Alegre. “A inegável qualidadeartística do elenco reunido vem confirmar a excelência deste projeto, expressando a contribuição do povo negro na arte e cultura brasileira atual”, argumenta.
 
A Arte Negra do Sul também pretende reeditar o sucesso obtido com o projeto “Trilhas do Prata", realizado em 2007, no Theatro São Pedro, outra iniciativa assinada por Heloisa Peres, que reuniu, além dos artistas já citados, o músico Paulo Dionísio, Juliano Barreto e a cantora Zilah Machado, que será homenageada na presente edição.
 
 Solicita-se a doação de material de higiene pessoal para a Casa do Artista Rio-grandense.  
Fonte: Site Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...