5 de dez de 2012

DIA DA ACESSIBILIDADE NA VIDA DE QUEM PRECISA.

ACESSIBILIDADE
DIREITO DE TODOS.

Hoje é o Dia da Acessibilidade acho que minha revolta sobre este tema é total até porque para as pessoas que necessitam dele diariamente e ter que viver em uma cidade onde alguns lugares oferecem acesso e outros na maioria não e mesmo assim ter que seguir de cabeça erguida é muito revoltante, sei que muitos dirão mas antes era pior e hoje esta melhorando, para mim o pior faz parte do passado e o melhorando faz parte do hoje, até porque antes não existiam leis e pessoas que lutavam pelos direitos de igualdade e hoje é leis pra tudo então se somos assegurados de nossos direitos porque eles não são cumpridos, porque uma pessoa tem que estar sempre lutando por algo que é de direito dela.
Mas hoje um dia que sei que só falaram de ACESSIBILIDADE sendo que eu falo e luto o ano todo mas que infelizmente só é lembrando hoje, tudo bem é que nem aniversário todos lembram de ti, mas esta matéria irei relatar um fato que aconteceu ontem um dia antes desta data que será tão prestigiada pelo governo etc....
Ontem acordei decidida a resolver a questa da parada de ônibus aqui do meu bairro, mas antes eu fui no mercado e quando estava chegando como de costume lá estava um carro estacionado na frente da rampa de acesso do mercado eu mais do que rápido peguei a câmera para filmar pois sempre que vou lá tenho que esperar pelo motorista mal educado para tirar o carro da frente do acesso que é utilizado por mim e por mães com carrinho, mas acho que avisaram ele que eu estava chegando e sai correndo, tudo bem não foi desta vez, fiz o que tinha que fazer e fui até o posto de saúde buscar meu material para chegar no posto tenho que usar a calçada da escola pois o posto não tem rampa é acreditem não tem rampa, tudo resolvido na saída eu descubro que o portão de entrada dos carros dos funcionários havia caido em cima de uma criança de dois anos na hora pensei matou pelo tamanho e peso mas me disseram que graças a Deus pegou na cintura pra baixo mas bem no quadril o que pode ocasionar várias sequências, fiquei apavorada e me falaram que já tinham pedido para concertar faz tempo e que ainda estava do mesmo jeito mas o pior de tudo que no portão não havia nem um cartaz alegando o perigo para que os país tivessem mais atenção em relação aos filhos e as crianças adoram brincar no local, até então não sei nada da menina mas irei me informar.
Depois disto fui rumo ao CRAS do bairro e já na entrada sem rampa novamente e dois lugares que atendem várias pessoas um na área da saúde e outro no serviço social, mas precisa da ajuda e consegui chegar no local, falei com Assistente Social coloquei a situação da parada que a três anos tem um projeto criado pela Secretária de Acessibilidade que consta uma parada acessível, um trajeto da minha casa até o local e uma faixa de segurança, tive total apoio deles e iram cobrar dos responsáveis a execução deste projeto, mas também aproveitei e chamei a atenção dele da necessidade de ter uma rampa e minha dificuldade para acessar o serviço, prontamente disse que ligaria pra prefeitura e pediria, sai de lá mais tranquila, voltei pra casa e resolvi ligar pra SMACIS e falar com o fiscal responsável sobre o tal projeto e ele me disse que eles já haviam cobrado da SMOV a execução até por se tratar de algo que já era para ter sido resolvido a muito tempo, não sei de quem é a culpa mas um projeto que visa pela minha vida e de outras pessoas por andarem junto com os carros, eu ando na contra mão por morar em uma curva não posso utilizar o lado certo da via se não viria um carro e me atropelaria, assunto colocada para o fiscal ficou de me dar uma resposta e acreditem ele me pediu que eu também ligasse para cobrar uma atitude e que também o CRAS me desse este apoio e quanto mais gente ligar e cobrar será melhor por não saber o que fazer, depois de um tempo fiquei pensando um órgão que é  criado para dar estrutura de acessibilidade e melhorias de acesso na capital não consegue fazer que isto seja comprido é dificil de entender estas questões entre serviço público mas o fato é bem claro se eu não cobrar respostas terei que continuar do mesmo jeito, um dia antes e eu tive dificuldade ao sair de casa e no retornar, agora pergunta pra quem esta lendo esta matéria seja deficiente ou não, você já parou pra pensar como é a ACESSIBILIDADE na tua cidade e o que você tem feito por isso?
Somente colocando a cara nas barreiras poderemos mudar algo e não será estas dificuldades que me impedira de andar pela cidade.
Afinal eu tenho dificuldade, um idoso, um cego, um cadeirante, uma pessoa com mobilidade reduzida, uma mãe com carrinho este problema é de todos mas se não houver união será que temos o direito de cobrar ou ficar quietos por nada fazer e aceitar o pouco que é feito.
Hoje participarei do Dia da Acessibilidade na Câmara de Deputados quero ver o que eles tem a falar sobre este assunto que acredito só quem necessita sabe realmente o que é na vida de quem precisa, será que eles saíram pelas ruas de cadeira de rodas, bengalas, carrinhos e se passando por um idoso para sentirem o que é ter que depender de uma rampa e uma calçada.
Bom termino por aqui, o dia promete....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recado. Obrigado por participar pois sua opinião é importante para eu continuar meu trabalho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...